Alto Comissariado para as Migrações promove iniciativa em Braga para integrar a comunidade cigana

No dia 20 de Maio, o Alto Comissariado para as Migrações promoveu, no Conservatório do Bomfim em Braga, um workshop de flamenco e um espetáculo musical, do músico Diego El Gavi, a voz maior do flamenco português.

 

O evento proporcionou aulas de flamenco para instrumentistas locais, ciganos e não ciganos, lecionadas por Diego el Gavi (cante), Paulo Croft (guitarra flamenca) e Carlos Mil Homens(cajon). Foi transmitindo aos seus participantes conhecimento nas vertentes teórica (como a origem e a evolução histórica do flamenco e da sua cultura e as diferentes correntes do flamenco atual) e prática (ritmos e sonoridades).

 

Além disso, a comunidade local foi convidada a assistir ao concerto de apresentação de "Puerta del alma”, de Diego el Gavi (cante), acompanhado por Ricardo Pinto (trompete), Victor Zamora (piano), Paulo Croft (guitarra flamenca), Leo Espinosa (baixo) e Carlos Mil Homens (cajon). O espetáculo pretendeu facilitar a criação de um sentimento de pertença, bem como de orgulho nas suas raízes e cultura, para uma minoria que regularmente se sente marginalizada.

 

A iniciativa pretendeu divulgar a cultura cigana, com vista à melhoria da inclusão destas comunidades na sociedade e faz parte de um programa de integração social pela música de identidade gitana, com recurso a workshops e concertos orientados para seis cidades, de Norte a Sul do país. Estas foram escolhidas por registarem um índice particularmente elevado de população cigana, diariamente desafiada para uma inclusão em volátil equilíbrio, sobretudo devido aos preconceitos ainda existentes na sociedade nacional.

Subscreva a nossa newsletter e esteja
sempre a par de todas as novidades.

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador. Através da utilização do nosso website o utilizador aceita todas os cookies de acordo com a nossa política de cookies.

Mais informações |